B R A S I L
 
     
   
  Estado:
São Paulo
   
 
Selecione outro estado:
   
São José do Rio Preto
 
 
Quem faz História no Brasil
   
  Digite o nome da pessoa que deseja localizar:    
 
Brasil
 
Café Filho
 
Advogado e jornalista; João Augusto Fernandes Campos Café Filho foi 18º presidente do Brasil de 24 de agosto de 1954 e 8 de novembro de 1955 (assumiu a Presidência com a morte do titular, Getúlio Vargas); vice-presidência do Brasil de 31 de janeiro de 1951 a 24 de agosto de 1954. Senador pelo Rio Grande do Norte de , presidente do Senado de 31 de janeiro de 1951 a 24 de agosto de 1954. Deputado federal pelo Rio Grande do Norte de Rio Grande do Norte de 1 de fevereiro de 1946 a 31 de janeiro de 1951 e de 3 de maio de 1935 a 10 de novembro de 1937. Foi ministro do Tribunal de Contas da Guanabara na década de 1960.
 
Café Filho foi contra a aplicação da Lei de Segurança Nacional em 1935. Em 1937 denunciou o Plano Cohen como uma tapeação militar para legitimar a ditadura do Estado Novo. No parlamento fazia campanha contra o cancelamento do registro do PCB e a extinção do mandato dos parlamentares comunistas, além de ser defensor do divórcio. Participou da Aliança Liberal na campanha de 1930; em 1933 fundou o Partido Social Nacionalista (PSN) do Rio Grande do Norte, e alguns anos mais tarde, o Partido Social Progressista (PSP).
 
 
     
Nascimento:
› Natal
RN
Data nasc.: 3/2/1899
Falecimento:
Rio de Janeiro
RJ
Data falec.: 20/2/1970
 
Carlos Bracconnot
 
Militar (capitão-de-fragata) e engenheiro, ele foi, em 1857, enviado pelo governo imperial brasileiro a Europa para especializar-se na construção de máquinas a vapor. Em 1959, dirigiu as oficinas da Estrada de Ferro D. Pedro II (a Central do Brasil); dirigiu também a montagem do Farol de Santa Bárbara, nos Abrolhos; em 1863, foi nomeado diretor de máquinas no Arsenal da Marinha, sendo o responsável pela modernização das oficinas e pela construção de várias máquinas; na Guerra do Paraguai, projetou e construiu um aparelho propulsor completo de dezenas de navios.
 
Cursou a Escola Naval e diplomou-se em Engenharia na Inglaterra.
 
 
     
Nascimento:
› Rio de Janeiro
RJ
Data nasc.: ?/?/1831
Falecimento:
Paris
França
Data falec.: ?/?/1882
 
Carlos de Campos
 
Foi o décimo-segundo presidente do Estado de São Paulo, tendo governado de 1º de maio de 1924 até o dia de sua morte; na revolução de 5 de julho de 1924, enfrentou os rebeldes chefiados pelo general Isidoro Dias Lopes. Iniciou carreira na política como membro do conselho da Intendência Municipal de Amparo, em 1890; foi deputado estadual de 1895 a 1915, presidindo a Assembléia Legislativa entre 1907 e 1915 e deputado federal de 1918 a 1923. Criou em 1926 a a Guarda Civil do Estado de São Paulo e foi fundador e membro da Academia Paulista de Letras, sendo titular da cadeira nº 16.
 
Formou-se em Direito na Faculdade do Largo de São Francisco, em 1887.
 
 
     
Nascimento:
› Campinas
SP
Data nasc.: 06/08/1866
Falecimento:
São Paulo
SP
Data falec.: 27/04/1927
 
Carlos Luz
 
Advogado, professor, jornalista, Carlos Coimbra da Luz foi 19º presidente do Brasil de 8 a 11 de novembro de 1955 (presidente do Brasil que ocupou a cadeira presidencial por menos tempo: apenas 3 dias; ele foi afastado desta função por um movimento militar denominado Movimento de 11 de novembro, liderado pelo general Henrique Lott). Presidente da Câmara dos Deputados de 2 de fevereiro a 8 de novembro de 1955 e ministro da Justiça e Negócios Interiores de 31 de janeiro a 2 de outubro de 1946. Deputado federal na Constituinte em 1934, elegeu-se novamente em 1947. Foi residente da Caixa Econômica Federal de 1939 e 1945; presidente do Banco Ribeiro Junqueira a partir de 1947. Prefeito de Leopoldina, MG, delegado de polícia e professor na Escola de Farmácia do Ginásio Leopoldinense.
 
Formado em direito na Faculdade de Direito de Minas Gerais, em 1915.
 
 
     
Nascimento:
› Três Corações
MG
Data nasc.: 4/8/1894
Falecimento:
Rio de Janeiro
RJ
Data falec.: 9/2/1961
 
Ciro Gomes
 
Advogado e professor; foi ministro da Integração Nacional de 1º de janeiro de 2003 a 31 de março de 2006 e ministro da Fazenda de 6 de setembro de 1994 a 1º de janeiro de 1995; deputado federal pelo Ceará de 2007/2011; deputado estadual pelo Ceará de 1983/1989; governador do Ceará de 15 de março de 1991 a 6 de setembro de 1994 e prefeito de Fortaleza de 15 de março de 1989 a 2 de abril de 1990. Candidato a presidente da República, pelo PPS, em 1998, obtendo 7.426.190 e em 2002 com 10.170.882 (as duas vezes em terceiro lugar). Formado em Direito pela Universidade Federal do Ceará.
 
 
     
Nascimento:
› Pindamonhangaba
SP
Data nasc.: 06/11/1957
 
Coutinho Cavalcanti
 
Joaquim Nunes Coutinho Cavalcanti, médico, foi deputado federal de 1951 a 1954, de 1955 a 5198 e de 1959 a 1960 (morreu no exercício do cargo); como deputado, foi representante do Brasil em missões oficiais na França e em Cuba. Vereador rio-pretense de 1936 a 1937 (teve o mandato interrompido pelo Golpe do Estado Novo em 1937) secretário estadual da Saúde e Assistância Social em 1956, presidente do Automóvel Clube em 1937 e 1950; foi um dos fundadores e membro do conselho fiscal do Aeroclube Rio Preto em 1939, vice-presidente do Clube Comercial em 1944, subdelegado da Legião Revolucionária em 1932, foi um dos organizadores da Federação dos Voluntários de São Paulo em 1932, vice-diretor clínico da Casa de Saúde Santa Helena, diretor-proprietário do jornal A Tribuna de 1952 a 1956. Atendendo a um pedido seu, o sacerdote agostiniano Vito Fernandez construiu em 1947, em Engenheiro Schmitt o Ginásio São José (que em 1961 passou a chamar-se Colégio São José e a funcionar em Rio Preto; no prédio do antigo Ginásio São José funciona hoje o Asilo Deolindo Bortoluzzo). Em maio de 1951, em parceria com Romeu Campos Vergel, apresentou na Câmara dos Deputados o projeto de lei que estendeu a imunidade parlamentar aos vereadores brasileiros; foi autor do projeto de lei 04389 de 14/4/1954, instituindo no Brasil a Reforma Agrária; este projeto foi arquivado em 15/4/1971. Esse projeto que não foi adotado no Brasil foi aplicado em Cuba por Fidel Castro; cópia do projeto teria sido levada a Cuba pelo líder revolucionário Ernesto "Che" Guevara. Amigo do escritor Pedro Nava, Coutinho Cavalcanti fez parte de seleta lista de intelectuais brasileiros a quem Nava dedicou o livro de memória "Baú de Ossos" e consta em diversas passagens do livro "O Círio Perfeito". É nome de rua no Jardim Alto Alegre e Jardim América em São José do Rio Preto, SP, e no distrito de Engenheiro Schmitt, SP.
 
Formado em Medicina pela Universidade de Minas Gerais, em Belo Horizonte, em 1930; fez curso na Escola Superior de Guerra em 1953 na CSG Pandiá Calógeras (teve como companheiros de turma Ernesto Geisel, Café Filho, Lauro Sodré, marechal Mascarenhas de Moraes, marechal Teixeira Lott, Austregésilo de Athayde, Ranieri Mazzilli, Nereu Ramos e Virgílio Távora).
 
 
     
Nascimento:
› Recife
PE
Data nasc.: 1/3/1903
Falecimento:
Brasília
DF
Data falec.: 28/11/160
 
Página 1 de 1
Primeira | Anterior | 1 | Próxima | Última 
   
 
©2001/2010 » Todos os Direitos Reservados - www.quemfazhistoria.com.br
Todo material publicado neste sitepertence a www.quemfazhistoria.com.br ou é utilizado com a expressa permissão de seus autores
Site desenvolvido por
Personal Comp