B R A S I L
 
     
   
  Estado:
São Paulo
   
 
Selecione outro estado:
   
São José do Rio Preto
 
 
Quem faz História no Brasil
   
  Digite o nome da pessoa que deseja localizar:    
 
Brasil
 
Fernando Collor de Mello
 
Fernando Affonso Collor de Mello, jornalista, economista, empresário e escritor, o 32º presidente do Brasil, governou o país de 15 de março de 1990 a 29 de dezembro de 1992; é senador por Alagoas desde 2007. Foi prefeito nomeado de Maceió de 1979 a 1982, pela Arena; governador de Alagoas de 1987 a 1989, pelo PMDB; e deputado federal de 1982 a 1986, pelo PDS. Foi o presidente mais jovem da história da República o Brasil (na época com 40 anos de idade) e o primeiro presidente eleito por voto direto do povo, após o Regime Militar (1964/1985); também foi o único deposto por um processo de impeachment no país. Votou a favor da Diretas-Já em 1984 e em Paulo Maluf para presidente, em 1985, no colégio eleitora. Eleito presidente pelo Partido da Reconstrução Nacional (PRN). Ficou conhecido antes de ser eleito como “caçador de marajás”, por prometer cassar os privilégios de ricos usineiros alagoanos. Seu governo foi marcado pela implantação do Plano Collor, a abertura do mercado nacional às importações, o início de um programa nacional de desestatização e do “Escândalo PC Farias” com denúncias de corrupção política envolvendo o seu tesoureiro de campanha, Paulo César Farias, feitas por Pedro Collor de Mello (irmão do presidente Fernando Collor) que culminaram com um processo de impugnação de mandato (impeachment). O processo, antes de aprovado, fez com que o presidente renunciasse ao cargo em 29 de dezembro de 1992. Em 1991, o UNICEF escolheu três programas de saúde: agentes comunitários, parteiras e erradicação do sarampo como o melhor do mundo. Estes programas foram promovidos durante o governo Collor. Até 1989, a vacinação brasileira foi considerada a pior na América do Sul. Durante a administração de Collor, o Brasil ganhou um prêmio da ONU, como o melhor da América do Sul, por seu programa de vacinação. O projeto de Collor Minha Gente (Meu Povo), ganhou o prêmio da ONU Modelo de Projeto para a Humanidade, em 1993. É membro eleito da Academia Alagoana de Letras, ocupando a cadeira de número 20; presidiu em 1982 o CSA que foi campeão alagoano de futebol com o técnico Luiz Felipe Scolari. Diretor do jornal Gazeta de Alagoas de 1972 e superintendente das Organizações Arnon de Mello (complexo de comunicação de propriedade da sua família), a partir de 1973.
 
Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Alagoas, em 1972.
 
 
     
Nascimento:
› Rio de Janeiro
RJ
Data nasc.: 12/08/1949
 
Fernando Henrique Cardoso
 
Sociólogo, cientista, filósofo, professor universitário e escritor; 34º presidente da República, governou o Brasil de 1995 a 1998 e de 1999 a 2002, sendo o primeiro presidente reeleito; senador da República de 1983 a 1992, ministro das Relações Exteriores em 1992 e ministro da Fazenda de 1993 a 1994, responsável pela implantação do Plano Real, no governo do presidente Itamar Franco. Integrante do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP) e funcionário da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL); fundador do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB); preside o Instituto Fernando Henrique Cardoso (iFHC), fundado em 2004, e integrantes de diversos conselhos consultivos no exterior, como o Clinton Global Initiative, em New York; Brown University, de Providence, Rhode Island; e United Nations Foundation, de Washington D.C., todos nos Estados Unidos. Ocupa a cadeira n° 36 da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 27 de junho de 2013, que foi ocupada pelo jornalista e escritor João de Scantimburgo. Professor emérito da Universidade de São Paulo (USP), lecionou na Universidade de Paris, na Universidades de Stanford e Univerisdade de Berkeley, nos Estados Unidos, na Universidade de Cambridge na Inglaterra e na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais na França. Autor dos livros Pensadores que Inventaram o Brasil, em 2013; Relembrando o que Escrevi: da Reconquista da Democracia aos Dias Atuais, em 2010; A Arte da Política — A História que Vivi, em 2006; Cartas a Um Jovem Político — Para Construir um Brasil Melhor, em 2006; O Mundo em Português, em 1998; O Presidente Segundo o Sociólogo, em 1998; Mãos à Obra, Brasil, em 1994; Perspectivas, em 1983; Dependência e Desenvolvimento na América Latina, em 1969.
 
Formado em Sociologia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP, pós-graduação em Econometria.
 
 
     
Nascimento:
› Rio de Janeiro
SP
Data nasc.: 18/06/1931
 
Flávio R. Tambellini
 
Flávio R. Tambellini Diretor, produtor, roteirista e ator de cinema; foi diretor dos filmes Paraty: Mistérios, em 1989; Bufo & Spallanzani em 2001 (vencedor na categoria melhor filme do Festival de Gramado de 2001 e indicado ao Prêmio Lente de Cristal nas categorias de melhor filme e melhor roteiro no Festival de Cinema Brasileiro de Miami,nos Estados Unidos), O Passageiro - Segredos de Adulto, em 2006, e Malu de Bicicleta, em 2001; produtor dos filmes Where the River Runs Black, em 1986; Ele, o Boto, em 1987; Faca de Dois Gumes, em 1989; Capitalismo Selvagem, em 1993; Jenipapo, em 1995; Terra Estrangeira, em 1996; A Ostra e o Vento em 1997; Pierre Fatumbi Verger: Mensageiro Entre Dois Mundos, em 1998; Traição, em 1998; Orfeu, em 1999; Um Copo de Cólera, em 1999; Gêmeas, em 1999; Eu Tu Eles, em 2000; Bufo & Spallanzani, em 2001; Janela da Alma, em 2001; Carandiru, em 2003; O Homem do Ano, em 2003; Cazuza - O Tempo Não Pára, em 2004; O Diabo a Quatro, em 2004; Pro Dia Nascer Feliz, em 2006; O Passageiro - Segredos de Adulto, em 2006; Mutum, em 2007; Os Desafinados, em 2008; Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull, em 2008; Rio Sex Comedy, em 2010; A Falta Que Nos Move, em 2011; As Aventuras de Agamenon, o Repórter, em 2012. Roteirista dos filmes Gabriela, Cravo e Canela, em 1983; Garota Dourada, em 1984; A Ostra e o Vento, em 1987; Um Copo de Cólera, em 1999; Bufo & Spallanzani, em 2001. E atuou como ator nos filmes Moon Over Parador .... Dante Guszman, em 1988; Capitalismo Selvagem, em1993, e O Passageiro - Segredos de Adulto, em 2006.
 
 
     
Nascimento:
› São Paulo
SP
Data nasc.: 29/02/1952
 
Flávio Tambellini
 
Diretor de cinema, roteirista e crítico de arte; Estreou no cinema como produtor em 1958 com a fita "Ravina" e como diretor em 1965 com o filme "O Beijo" (baseado em peça de Nelson Rodrigues; digiriu Até que o Casamento nos Separe, em 1968; Um Uísque Antes...Um Cigarro Depois, em 1969; "Relatório de um Homem Casado" em 1974 (ganhador) do Prêmio Coruja de Ouro como melhor roteirista e "A Extorsão", em 1976. Foi o primeiro presidente do Grupo Executivo da Indústria Cinematográfica (Geicine), em 1961. Um de suas características principais foi se preocupar em criar leis que dessem impulso à indústria cinematográfica nacional.
 
Nascimento:
› Batatais
SP
Data nasc.: 01/10/1925
Falecimento:
Rio de Janeiro
SP
Data falec.: 24/02/1976
 
Francisco Caldeira de Castelo Branco
 
Militar, político, navegador e explorador português, foi nomeado capitão-mor do Rio Grande do Norte de 1613 a 1615 e do Pará, de 1615 a 1618. comandou, a partir de São Luís do Maranhão, saindo no dia 25 de dezembro de 1615 até alcançar a foz do rio Amazonas, onde fundou a cidade de Belém e construiu o Forte do Presépio. É considerado pelo historiador Aníbal Barreto, o Descobridor e Primeiro Conquistador do Rio das Amazonas.
 
Nascimento:
?
Portugal
Data nasc.: ?/?/?
Falecimento:
Lisboa
Portugal
Data falec.: ?/?/1619
 
Página 1 de 1
Primeira | Anterior | 1 | Próxima | Última 
   
 
©2001/2010 » Todos os Direitos Reservados - www.quemfazhistoria.com.br
Todo material publicado neste sitepertence a www.quemfazhistoria.com.br ou é utilizado com a expressa permissão de seus autores
Site desenvolvido por
Personal Comp