B R A S I L
 
     
   
  Estado:
São Paulo
   
 
Selecione outro estado:
   
São José do Rio Preto
 
 
Quem faz História no Brasil
   
  Digite o nome da pessoa que deseja localizar:    
 
Brasil
 
Vieira de Melo
 
Bernardo Vieira de Melo, nascido na freguesia de Muribeca (atual município de Jaboatão dos Guararapes), foi governador do Rio Grande do Norte de 8 de janeiro de 1695 a 1701; militar desde 1675, auxiliou o capitão Fernão Carrilho na guerra do Quilombo dos Palmares, onde teve atuação destacada, combatendo gueguê e jacuru. Na Serra da Barriga (Palmares) agindo de acordo com Domingos Jorge Velho, provocou a matança de mais de 400 negros prisioneiros. Por reconhecimento de sua atuação em Palmares, tendo sido responsável pela pacificação da região ao combater os índios Janduís no sertão potiguar do Rio Grande do Norte. Regressou a Pernambuco, em 25 de setembro de 1709 foi nomeado sargento-mor do Terço da Linha do Recife. Tomou parte ativa na luta de classes entre a nobreza de Olinda e a burguesia de Recife, defendendo a aristocracia pernambucana da qual fazia parte. E 10 de novembro de 1710, revoltados com as concessões dadas pelo reino de Portugal aos recifenses (Carta Régia que elevou Recife à condição de vila e a autorização para instalação de um Pelourinho dada pelo governador de Pernambuco), os olindenses sublevaram-se, eclodindo a que ficou conhecida como Guerra dos Mascates. Após destituir o governador, que fugiu para Salvador, Vieira de Melo deu o primeiro grito de República do Brasil no Senado da Câmara de Olinda, onde exercia a função de vereador. Pregou o rompimento com Portugal e, se necessário fosse, aliança com os franceses. Derrotado o movimento republicano, ele foi condenado por crime de lesa-majestade e inconfidente. Juntamente com outros parentes e companheiros, derrotados nessa Guerra dos Mascates, entregou-se em 1712 e foi recolhido inicialmente ao Forte de São João Batista do Brum, no Recife, e em seguida foi embarcado para Lisboa juntamente com o alferes tenente André Vieira de Melo - seu filho primogênito, também prisioneiro. Ele morreu, asfixiado por gás carbônico em sua cela na Cadeia do Limoeiro, em Lisboa. Ele dá nome à principal avenida do bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, PE, e em Natal, RN.
 
Nascimento:
Muribeca
PE
Data nasc.: ?/?/1658
Falecimento:
Lisboa
Portugal
Data falec.: 10/01/1714
 
Visconde da Palmeira
 
Antônio Salgado da Silva, político e fazendeiro, foi Barão e Visconde da Palmeira; chefe do Partido Liberal, participou da Revolução Liberal de 1842. Capitão da Guarda Nacional, foi o primeiro provedor da Santa Casa de Misericórdia de Pindamonhangaba, em 1865. Abolicionista, libertou seus escravos em 1882, seis anos antes da abolição da escravatura e apoiou o movimento abolicionista.
 
Nascimento:
› Pindamonhangaba
SP
Data nasc.: 25/07/1805
Falecimento:
Pindamonhangaba
SP
Data falec.: 26/02/1888
 
Página 1 de 1
Primeira | Anterior | 1 | Próxima | Última 
   
 
©2001/2010 » Todos os Direitos Reservados - www.quemfazhistoria.com.br
Todo material publicado neste sitepertence a www.quemfazhistoria.com.br ou é utilizado com a expressa permissão de seus autores
Site desenvolvido por
Personal Comp